[artigo atualizado 09/10/2017]

Para responder essa pergunta você deve se colocar no lugar do seu cliente e pensar de forma ampla. Seria muito simplista pensar que seu concorrente é só aquele que vende o mesmo tipo de produto, a preços semelhantes, com um ponto de venda parecido e na mesma vizinhança. Existe atualmente uma diversidade tão grande de produtos, formas de comprar, e pontos de venda tão variados, que para identificar os seus concorrentes, você deve muitas vezes esquecer o convencional. Você deve então categorizar os seus concorrentes por tipos, e assim, entender o que cada um está entregando de diferencial para os clientes, e que pode estar ocasionando a perda de seus preciosos clientes.

Qualquer rede de maior porte que se instala nos arredores, ou mesmo estratégias mais agressivas de concorrentes que até então não representavam grande risco, pode significar um enorme desafio e até mesmo levar ao fechamento do negócio. Continue a leitura: Sinais de que os clientes estão indo para a concorrência.

como-saber-quem-sao-os-meus-concorrentes-02

Você pode ter concorrentes diretos, com os mesmos tipos de produtos, público alvo, faixa de preço e com ponto de venda semelhante na mesma vizinhança. Pode ainda, ter concorrentes indiretos (produtos diferentes, mas que atinge o mesmo público-alvo com uma estratégia de substituição). Um exemplo seria um restaurante self-service e uma barraca de cachorro quente, a princípio não seriam concorrentes quando pensamos em produto, mas ambos em certo ponto trabalham com alimentação, ou seja, a nova barraca de cachorro quente pode impactar na clientela do restaurante self-service.

Agora que você já sabe disso, pesquise bastante. Faça caminhadas na região de seu negócio (andando você percebe lugares que de carro você ignora) e visite os estabelecimentos, consuma produtos para verificar a qualidade e atendimento, você poderá ter incríveis surpresas e idéias para o seu negócio. Outra forma, e que você pode fazer no conforto do seu lar, é pesquisar na internet. Faça buscas no Google incluindo o seu bairro e o seu ramo de atividade, lembre se de verificar também possíveis concorrentes indiretos em ramos diferentes mas correlatos e até ampliar para outras regiões da cidade. Ainda na internet de grande atenção às redes sociais, você tem a possibilidade de em alguns casos ver depoimentos de clientes dos concorrentes e verificar novidades que estejam divulgando.

Leia mais: Como saber quem são os meus concorrentes?

como-saber-quem-sao-os-meus-concorrentes-02

Uma vez identificados os seus concorrentes a recomendação é que você:
Olhe seu concorrente

Se possível seja cliente dele para saber o que ele está fazendo para se diferenciar seja em produtos, preço, ambientação do ponto de venda ou na comunicação com o público-alvo como propagandas e promoções. Tenha como hábito a identificação constante da entrada ou saída de concorrentes. Não se limite ao óbvio e verifique a concorrência direta e indireta. Saiba o que estão fazendo  e como anda o desempenho nas ações que estão realizando. Não fique de olho só nos grandes, acompanhe de perto as pequenas empresas de seu ramo e afins, pois não é incomum que as novidades mais impactantes venham exatamente das empresas mais modestas.

Olhe a sua empresa

Existem diversos indicadores que podem dar sinais que está perdendo clientes. Verifique se seus clientes habituais estão comprando mais ou menos produtos, se estão gastando mais ou menos e se aqueles que vinham em grupos, passam a visitar seu estabelecimento mesmo sozinhos. Veja também, se muitos clientes entram e saem sem comprar (ou não acham o que queriam ou o preço está maior que a concorrência), se ações de marketing que antes eram um sucesso já não trazem retorno.

Olhe o mercado

Fique de olho no que acontece no mercado de forma geral, para saber se o que acontece é pontual em seu estabelecimento ou se são reflexos da sua indústria, tendências ou movimentos da economia. Assim será possível se antecipar ou mesmo reagir rápido às oscilações da demanda. Se houver uma mudança anormal de consumo com a maioria dos clientes, tanto para cima como para baixo, certamente alguma anomalia de mercado deve estar ocorrendo. Descubra o que é, e haja rapidamente.

Blinde sua clientela

Pois você investiu muito para construí-la. Seus clientes obviamente estão frequentemente expostos as iniciativas da concorrência para atraí-los e cabe a você não ficar parado esperando a debandada. Mantenha contato com os seus clientes sempre, informando novidades e melhorias. Sabendo de inovações e demandas do mercado não demore muito para adota-las. Se existe algo muito bom sendo feito por concorrentes e que está dando resultados não tenha receio em adaptar para a sua realidade e também fazer algo, seus clientes vão agradecer. Uma forma consolidada de proteger seus clientes da concorrência é ter um programa de fidelidade, indico o FideliZi, uma ferramenta prática e que está fazendo muito sucesso nos estabelecimentos que a usam.

Leia também: Como resolver o problema do balde furado no seu negócio?

como-saber-quem-sao-os-meus-concorrentes-03

SOBRE O FIDELIZI

O FideliZi é um sistema digital e bem completo, que se destaca pelo uso de um aparelho touch screen interativo que substitui o antigo cartão fidelidade de papel, em que os dados eram anotados a caneta ou com um carimbo.

O sistema faz a gestão e coloca em prática toda uma estratégia de retenção de clientes de forma profissional, inovadora, interativa e que valoriza o consumidor. Isso por meio de campanhas personalizadas e na hora certa para que o cliente não desapareça e gaste muito mais no seu estabelecimento.

Você ainda tem dúvidas?  Cadastre-se e veja nosso material!

Ramon Vargas

 

Comentários

comentários