As promoções de vendas consistem em ações e instrumentos adotados pelas empresas no sentido de estimular e acelerar as vendas de determinado produto ou serviço ao longo de um período determinado. As promoções não costumam depender de grandes investimentos, podendo ser realizadas por diferentes tipos de empresa, independentemente do seu ramo de atuação, porte ou localização. Estas iniciativas de marketing têm como principal estratégia sensibilizar o consumidor no momento da compra, oferecendo benefícios concretos como descontos ou brindes, por exemplo.

Entretanto, apesar de extremamente assertivas como solução a curto prazo, nem só de promoções pode viver uma empresa. Entenda quando realizar ações promocionais na sua empresa e como não ficar dependente destas para garantir seus resultados de vendas:

Quando realizar promoções?

As promoções de vendas são soluções eficientes a curto prazo e têm seus resultados facilmente verificados e mensurados pelas empresas. É importante, porém, que apresentem desde o início objetivos bem definidos. De forma geral, costumam ser utilizadas para aumentar as vendas, mas podem vir a suprir outras necessidades específicas dentro das ações de marketing, como:

  •          Desocupar o estoque;
  •          Acelerar a venda de produtos com menor prazo de validade;
  •          Promover a marca ou um novo ponto comercial;
  •          Divulgar o lançamento de um novo produto ou serviço;
  •          Aumentar o volume de vendas;
  •          Aproveitar o fluxo de vendas em datas especiais;
  •          Promover inaugurações ou reinaugurações;
  •          Incentivar a compra de produtos relacionados.

O planejamento de ações promocionais requer a verificação prévia dos recursos financeiros, operacionais e humanos da empresa, bem como de fatores externos relacionados à situação econômica do país e à concorrência.

Além disso, é fundamental que as promoções tenham período de duração e prazos bem definidos. Isso porque, ao adotar promoções com muita frequência ou ações que se prolongam por muito tempo, a empresa corre o risco de perder o valor do produto percebido pelo consumidor.

Em outras palavras, o uso contínuo e indiscriminado de promoções pode fazer com que o público passe a balizar seus preços com base nos valores promocionais e planejar suas compras tendo como referência a data da próxima promoção.

Por que investir na fidelização de clientes?

A fidelização de clientes vem sendo cada vez mais adotada com estratégia de marketing e relacionamento com o cliente por empresas atuantes nos mais diferentes setores e se configura como uma das melhores soluções para o empreendedor que não quer depender de promoções para divulgar seu negócio, atrair e reter clientes.

Diferentemente das promoções, a fidelização é uma estratégia a longo prazo, voltada não somente para o aumento das vendas, mas para o desenvolvimento de um relacionamento entre empresa e consumidor, melhorando sua performance no mercado.

Os programas de fidelização, diferentemente das promoções, não apresentam uma data final, se estendem ao longo do relacionamento do cliente com a marca, trazendo benefícios para ambos os lados. Através destes, os consumidores fidelizados são premiados com recompensas a partir de uma cartela de acúmulo de pontos. Além de atuarem como um canal de divulgação, estimulando o boca a boca, oferecem para a empresa uma importante base de dados sobre seus clientes.

Sua empresa possui um programa de fidelização de clientes? Compartilhe suas experiências conosco nos comentários? 

Comentários

comentários