Descubra como o Alessandro, proprietário da rede Hanada Temakeria dobrou seu faturamento durante a pandemia da Covid-19.

O crescimento da culinária japonesa tem sido bastante evidente nos últimos anos e vem conquistando cada vez mais o paladar dos brasileiros. 

Os famosos temakis são tipos de sushis em forma de cones, uma opção de fast food étnico que já conquistou e vem conquistando cada vez mais pessoas que buscam consumir comidas nutritivas e de forma rápida.

Com o dia a dia cada vez mais corrido e com pouco tempo livre, as pessoas buscam cada vez mais soluções rápidas e as temakerias se apresentam como uma ótima opção, pois atendem essas necessidades bastante valorizadas pelos consumidores.

Sobre a Hanada Temakeria:

Com uma visão sempre à frente do mercado, Alessandro Brito, proprietário da Hanada Temakeria já tinha uma percepção sobre a importância de reter seus clientes e em busca de uma solução que fosse realmente eficiente e interessante tanto para os negócios, quanto para os clientes, conheceu o FideliZi quando a empresa estava apenas começando. Foi em 2016, na Feira do Empreendedor, que o Alessandro conheceu o Vitor Kosaka, CEO da FIdeliZi e foi apresentado ao novo produto. Ele percebeu que aquela era exatamente a solução pela qual ele estava buscando, contratou o programa para seu restaurante, Hanada Temakeria, em Barueri (SP) e é cliente desde então, sendo que atualmente, conta com 4 lojas, todas com o FIdeliZi.

Quando a pandemia chegou, assim como muitos empreendedores Alessandro se viu em uma situação inusitada, na qual nunca se imaginou e se preocupou com o que poderia acontecer com o seu negócio.

Porém, mesmo diante de todas as adversidades, rapidamente iniciou um planejamento para que sua empresa não quebrasse e naquele momento, percebeu que nos anos anteriores sempre fez um bom trabalho de fidelização, construindo uma sólida base de clientes fiéis e que esta seria fundamental para sua jornada de enfrentamento da crise.

Com a ajuda da FideliZi, Alessandro iniciou um intenso plano de comunicação com sua base fidelizada de clientes. Todos estavam com medo, mas Alessandro sabia que precisava se mostrar como uma opção segura e confiável para seus clientes. Com isso, passou a divulgar sobre todos os protocolos de higiene e segurança adotados, além de reforçar os benefícios do programa de fidelidade para seus clientes.

Também passou a utilizar a nova ferramenta do FideliZi, o “Vale Pontos”, uma funcionalidade lançada em Abril de 2020 durante a pandemia para ajudar os empreendedores a continuarem beneficiando seus clientes com o programa de fidelidade de forma diferente e eficiente. Desde então, Alessandro vem se destacando em seu segmento e além conseguir manter as portas abertas, ele foi além e abriu mais duas unidades durante a crise, na qual diversos negócios não resistiram e quebraram.

Resultados:


No decorrer do tempo de utilização do programa de fidelidade, a Hanada Temakeria Barueri apresentou excelentes resultados e atualmente, o restaurante conta com mais de 6.700 clientes participantes do programa e mais 3 milhões de receita gerada apenas pelo FideliZi.

Além disso, com a ajuda do FideliZi, foram recuperados mais de 1 milhão de reais de receita dos clientes que estavam ausentes, em risco e perdidos. Levamos em consideração aqueles clientes que estão entre 3 a 6 meses sem consumir no estabelecimento e este é o montante recuperado de clientes que entraram nesta categoria de consumo pelo menos uma vez.

Sobrevivência em tempos de crise com o delivery:

Diante de um período complexo e repleto de incertezas, alguns empreendedores conseguiram se sobressair e até mesmo aumentar as vendas. Esse foi o caso de sucesso do Alessandro Brito.

Ao se ver em uma situação diferente de tudo que já havia passado, sendo obrigado a fechar as portas por causa das restrições de funcionamento no Brasil por causa da pandemia, Alessandro entrou uma alternativa no delivery.

Sua estratégia vem sendo colocada em prática desde Abril de 2020, onde passou a utilizar a funcionalidade de “Vale Pontos”, lançada pelo FideliZi no mesmo mês, para ajudar os clientes durante a pandemia da Covid-19. Esta ferramenta permite ao estabelecimento enviar um QRCode junto com as notas de suas entregas, para que os clientes possam pontuar com suas comprar de delivery.

Com os resultados promissores, além de conseguir sobreviver durante a crise, Alessandro conseguiu abrir outro restaurante, a unidade do Alphaville e em sociedade, abriu também uma unidade em Osasco, e adotou a estratégia de delivery em ambas.

Mas, como conseguiu manter o programa funcionando através do delivery?

O FideliZi lançou a funcionalidade de Vale Pontos, que permite gerar um código (QRCode) ou link, no qual ao escanear esse código ou acessar o link, os clientes são direcionados para uma página, onde preenchem seus dados, e a pontuação referente ao valor do consumo é obtida e esses pontos podem ser trocados por prêmios posteriormente.

Esse QRCode pode ser impresso junto com as notas de pedidos e enviadas aos clientes junto com as entregas, já no caso do link, este pode ser enviado ao cliente no fechamento do pedido, seja pelo WhatsApp ou chat de aplicativos, como o iFood por exemplo.

Além da comodidade para os clientes, a Hanada Temakeria conseguiu se manter durante uma crise, na qual muitas empresas não conseguiram sobreviver.

 

  • Só em Barueri, o faturamento de Abril de 2020, que foi quando Alessandro aplicou a opção de pontuação com o delivery, até Dezembro de 2020, o faturamento da temakeria chegou a R$618.500,98. Isso mesmo, mais de meio milhão de reais!

Alessandro foi tão bem sucedido nos negócios, que chamou a atenção dos jornalistas da Folha de São Paulo, que fizeram uma matéria com empreendedores que fidelizam seus consumidores. Você pode conferir a matéria clicando aqui!

  • O faturamento da Hanada Temakeria Alphaville, de Outubro de 2020 a meados de Janeiro de 2021, foi R$44.290,71.
  • O faturamento da Hanada Temakeria Osasco, de Setembro de 2020 a meados de Janeiro de 2021, foi R$63.346,34.

Desempenho das unidades de Alphaville e Osasco com o FIdeliZi:

Hanada Temakeria Alphavile:

A loja abriu as portas em Outubro de 2020 e e já iniciou sua operação com o FideliZ. De Outubro de 2020 até Janeiro de 2021, o restaurante já contava com mais de 228 clientes cadastrados e mais de R$45 MIL reais em receita gerada pelo FideliZi e mais de R$2 MIL reais de receita recuperada.

 

 

Hanada Temakeria – Osasco:

Funcionando desde meados Setembro de 2020, a unidade de Osasco que iniciou suas atividades alguns dias antes da inauguração da unidade do Alphaville, também vem apresentando resultados expressivos em poucos meses. Com FideliZi desde a inauguração, a temakeria já contava com 323 cadastros em sua base de clientes no mês de Janeiro de 2021  e mais de R$64MIL reais de receita gerada, apenas nas transações feitas pelo FideliZi.

 

 

 

Vale ressaltar novamente que ambas as lojas, tanto a de Alphaville quanto a de Osasco foram abertas durante o período de quarentena ocasionada pela pandemia do Coronavírus.

 

O que Alessandro tem a dizer sobre o FideliZi:

Foto: Jardel Carvalho | Folhapress

“O FideliZi foi fundamental para a sobrevivência e crescimento do meu negócio em um momento no qual o mercado estava em um dos seus piores momentos. Graças às ferramentas disponíveis e ao meu banco de dados, obtido com o programa de fidelidade, eu consegui fazer uma comunicação segmentada com meus clientes.

Nossa solução de funcionamento foi o delivery e com a alternativa de pontuar com QRCode, os meus clientes conseguiram continuar participando do programa, gerando pontos e resgatando prêmios. Essa solução foi um marco para o meu negócio!”

O Vitor a quem o Alessandro se refere no depoimento é o CEO da FideliZi, que apresentou o projeto inicialmente.

Comentários

comentários